sábado, 18 de março de 2017

PREFEITOS DE CAMPINAS: Raphael Andrade Duarte



Raphael Andrade Duarte nasceu em Campinas, no dia 21 de setembro de 1867. Era filho do fazendeiro Capitão Joaquim Carlos Duarte e de Ana Francisca de Andrade, que tinha parentesco com o poeta Guilherme de Almeida. Era proprietário de fazenda no município de Mogi Mirim

Foi romancista, historiador, biógrafo, poeta, teatrólogo e jornaista. Também foi membro da Academia Campinense de Letras.






Estudou no Colégio Culto à Ciência, de Campinas, São João do Lajeado, em Sorocaba, São Luís, de Itu, no Seminário Episcopal de São Paulo e no afamado Moretzohn, de São Paulo, onde se graduou em Humanidades.

Durante sua vida, Raphael  fundou e dirigiu sociedades literárias e recreativas, incentivou por muito tempo as atividades culturais campineiras e foi membro nato de comissões promotoras de atos cívicos, espetáculos musicais e sessões comemorativas e literárias.

Raphael foi um dos fundadores do Centro de Ciências, Letras e Artes de Campinas, em 31 de outubro de 1901, e atuou como colaborador da revista desta entidade. Também exerceu o cargo de vice-presidente, redator gerente, redator e secretário Geral.






Foi fundador presidente do Tênis Clube de Campinas, Mordomo da Santa Casa de Misericórdia, Benemérito do Asilo de inválidos, presidente da Orquestra Sinfônica de Campinas, sócio do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo.

Na polítca, elegeu-se vereador à Câmara Municipal em diversas legislaturas e também ocupou o cargo de vice-prefeito.

Em 1920, Raphael Andrade Duarte assumiu a cargo de prefeito de Campinas, cargo anteriomente ocupado por Heitor Teixeira Penteado. Em dezembro de 1922, finalizou sua passagem pela prefeitura.





No início de sua administração, defendeu a demolição do Teatro São Carlos e a construção de um novo teatro municipal para Campinas. Apesar de uma certa oposição na Câmara Municipal, Raphael  obteve o apoio da maioria dos vereadores e conseguiu aprovar a lei de criação do novo teatro, lei essa publicada em 5 de setembro de 1921. Em 10 de setembro de 1930, o Teatro Municipal foi inaugurado na gestão do prefeito Orosimbo Maia.
 
 
 

Em companhia do grande Álvaro Ribeiro, Raphael Duarte, em 1922, quando do Centenário da Independência, comemorado no Rio de Janeiro, e com um pavilhão para cada estado, celebrou as comemorações no pavilhão que conseguiu só para Campinas, onde uma banda musical executou sob aplausos composições de Carlos Gomes.

Foi homenageado, sendo patrono desde 1958 da escola infantil EMEI Prefeito Rafael Andrade Duarte, no bairro do Taquaral e nomeando uma rua no bairro Nova Campinas.


Raphael Andrade Duarte faleceu no dia 10 de abril de 1958, em sua terra natal.

 


Fontes:




 

ALEXANDRE CAMPANHOLA

sábado, 4 de março de 2017

RETRATOS DE CAMPINAS: Fevereiro de 2017



RUA BOAVENTURA DO AMARAL





RUA BARÃO DE JAGUARA





RUA URUGUAIANA





RUA HENRIQUE DE BARCELOS







ALEXANDRE CAMPANHOLA