domingo, 9 de março de 2014

CURIOSIDADES DE CAMPINAS: A briga de Francisco Glicério e Moraes Salles




 
Certa vez, na esquina da Rua Barão de Jaguara com a Rua Campos Sales, aconteceu uma  discussão baseada em ofensas pessoais entre importantes elementos da política da época. Ao se encontrarem nesta esquina, Francisco Glicério e Antônio de Moraes Salles depois de muitas ofensas orais, agrediram-se fisicamente, em virtude de suas discordâncias quanto aos ideais políticos.













Francisco Glicério de Cerqueira Leite era colunista do jornal “A Gazeta de Campinas”. Também era republicano e abolicionista, ou seja, favorável ao fim da monarquia e a instauração da república brasileira, e ao fim do trabalho escravo na nação.

Foi homenageado em Campinas com a mudança do nome da Rua do Rosário para Avenida Francisco Glicério.
















 
Antônio de Moraes Salles era colunista do jornal “Correio de Campinas”. Sua posição política era favorável à monarquia, ou seja, ele defendia a forma de governo que predominava no Brasil.

Foi homenageado em Campinas com a mudança do nome da Rua de São Carlos para Avenida Moraes Salles.



 
 
 
 
 
 
 
 
Ambos foram batizados no mesmo dia, quando meninos, na Matriz de Nossa Senhora do Carmo, com os pais de Moraes Salles batizando o menino Glicério e vice-versa.
 
 

 
 
 

Outra curiosidade é que ambas as avenidas que receberam o nome dessas duas personagens, Francisco Glicério e Moraes Salles, cruzam-se no centro campineiro.
 
 
 
 
ALEXANDRE CAMPANHOLA

 

Um comentário:

  1. A vida dos dois, parece, que daria uma bela História.Gostei de saber estas Curiosidades

    ResponderExcluir