sábado, 10 de outubro de 2015

CURIOSIDADES DE CAMPINAS: A fábrica da Gevisa




 
Situada no bairro Boa Vista, a empresa Gevisa chegou à Campinas na década de 60, mais precisamente em 1962, com a denominação General Electric do Brasil. Em uma região suburbana de Campinas, nas proximidades do distrito de Nova Aparecida foi construído pela multinacional GE um complexo industrial que agrupou algumas indústrias, cuja principal era a General Electric especializada na construção e reformas de Locomotivas. Essa empresa também ingressou no segmento de motores elétricos ainda neste período e abasteceu com seu produto os mercados de metrôs, de geração de energia elétrica, petrolífero, dentre outros.




 

 
 

Nos primeiros anos de sua presença na cidade campineira, a General Electric recebeu  a encomenda de 400 motores de tração e 100 conjuntos de motogeradores para a Rede Ferroviária Central.

 
Também houve momentos que a empresa chegou a montar 70 locomotivas por ano, número somado entre a fábrica de Campinas e de Contagem, em Minas Gerais.

 



Em 1964, a GE assinou um contrato com o governo do Estado de São Paulo para a fabricação de 40 locomotivas . Foram as primeiras produzidas totalmente no Brasil.


Na década de 80, a General Electric consolidou-se no segmento de motores elétricos e tornou-se uma das principais referências no Brasil na fabricação deste produto, que praticamente é aplicado atualmente em 30% das indústrias do Brasil.

 
 
 
 
 
 
Em 1993, após algumas crises financeiras desencadeada sobretudo pelo declínio da atividade ferroviária no país, essa empresa mudou seu nome para Gevisa, nome oriundo da formação de uma Joint Venture envolvendo as indústrias Villares, 45%, o grupo Albatroz (Banco Safra), 10% e a própria GE 45%. Com a associação, a Gevisa também passou a apostar no negócio das ponte-rolantes, se bem que seu principal produto ainda era os motores elétricos de grande porte.

 




Mas, apesar da crise ferroviária, a Gevisa continuou atuando no segmento de reformas de locomotivas e serviços industriais para complementar seu negócio em Campinas.

 

Em 1997, a GE aumenta seu capital de ações para 67,5% na Joint Venture Gevisa. No ano 2000, ela adquire as ações da Villares e do Banco Safra no negócio.

 
 

Em meados dos anos de 2009, uma nova crise financeira resultado dos efeitos da crise mundial fez com a Gevisa mudasse sua razão social para GE Energy Motors, sendo incorporada pela GE Energy que atua no segmento de energia e é um dos negócios da General Electric mundial.

 

Nos anos recentes, em um processo de reinvenção, a conhecida Gevisa, atual GE Energy Motors começou a investir no segmento de energia eólica fabricando o Hub, uma das peças que compõem o Aerogerador. A empresa tem obtido bons resultados com este novo produto, que faz parte de seu ramo de atuação voltado a soluções para geração de energia. Junto ao negócio de motores, o hub mantém a Gevisa como uma importante empresa na cidade de Campinas, que gera diversos empregos e contribui para o crescimento da cidade.
 
 
 
 
 
 
 
Também é destacável as inúmeras oportunidades de desenvolvimento profissional oferecidas pela empresa a alunos das escolas técnicas Senai e suas iniciativas sociais feita junto a entidades sociais e educacionais na região do bairro Boa Vista, como o Espaço Brincar inaugurado no bairro Shalon concebido com recursos e mão-de-obra da GE Volunteers.
 
 
 
 
 

 
 ALEXANDRE CAMPANHOLA

6 comentários:

  1. Meu nome:Oridio pedro castilho,75 anos aposentado.Trabalhei na GE Campinas SP na década de sessenta(1960)e participei da construção de geradores.tranformadores,locomotivas,ao ver as fotos voltei com alegria ao passado e fico grato.

    ResponderExcluir
  2. Oi meu nome é Giovanni tenho 26 anos moro a 5 em campinas vcs tem vaga pra ajudante de produção

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde me chamo Rafael tem vaga para caldeireiro

    ResponderExcluir
  4. ola meu nome é Victor, 19 anos tenho curso de soldador e torneiro mecânico pelo senai. já trabalhei com solda TIG, vocês tem vaga nesta área

    ResponderExcluir
  5. Olá eu sou o zaqueu,sou soldador gostaria de trabalhar com vcis ..,

    ResponderExcluir