quinta-feira, 23 de outubro de 2014

GUARANI, O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 1978 - Parte 3




Depois de ter conseguido sua classificação para a segunda fase do campeonato brasileiro de 1978, o Guarani entrou no grupo D em que enfrentaria equipes de tradição como Vasco da Gama e São Paulo, além de Portuguesa, Caxias do Rio Grande do Sul, Coritiba, Remo do Pará, Vila Nova de Minas Gerais e Brasília.


A estreia do Guarani foi contra o São Paulo Futebol Clube no estádio Brinco de Ouro da Princesa. Mesmo escalado com seus principais jogadores, o bugre apenas empatou com o tricolor paulista com um gol do meia-armador Zenon. Neste jogo, Adriano e Manguinha entrou no decorrer da partida, mas não mudaram a situação do placar.  


O segundo jogo do Guarani na segunda fase aconteceu no estádio Boca do Jacaré contra o Brasília. Sem dificuldades contra aquele que seria o último colocado do grupo, a vitória por 3x0 foi obtida com dois gols de Renato, que empatava com Careca na artilharia do time na competição, e um de Bozó. Neste jogo, o lateral-direito Alexandre jogou no lugar de Mauro e Manguinha apareceu como titular no lugar de Zé Carlos. No decorrer do jogo, Miranda foi substituído por Cuca.


Natural de São Carlos-SP, Odair de Lima, o zagueiro Odair foi revelado no juvenil do bugre e foi considerado uma grande promessa. Acabou não confirmando as expectativas.


* Não foram obtidas mais informações e a situação atual deste herói bugrino.



No estádio Alacir Nunes, no Pará, o Guarani encarou seu terceiro jogo da segunda fase de forma desastrosa, enfrentando a equipe do Remo do atacante Bira “Burro”, que marcou cinco gols naquele jogo e definiu a vitória dos paraenses. Careca ainda marcou o dele para o bugre, mas a equipe que jogou desfalcada do goleiro Neneca (João Roberto jogou em seu lugar), não conseguiu se encontrar em campo. O ponta-esquerda Bozó e o volante Zé Carlos não jogaram.












 Após ser goleado pelo Remo, o Guarani voltou à campo contra a equipe do Caxias do zagueiro Luiz Felipe Scolari, no estádio Brinco de Ouro da Princesa. Mais uma vez o meia Renato foi o destaque do time ao marcar dois gols e tornar-se o artilheiro do bugre naquele momento com sete gols. O lateral-direito Mauro marcou seu primeiro gol na competição e estabeleceu a vitória por 3x0 da equipe campineira. O goleiro Neneca continuou fora do time neste jogo e João Roberto esteve presente em Campo. A volta de Zé Carlos e Macedo também contribuiu para reforçar o time, que jogou sem Bozó.








José Carlos Bernardo, o meia Zé Carlos nasceu em Juiz de Fora, no dia 28 de abril de 1945. Foi um dos craques e líder do time bugrino de 1978. Contratado junto ao Cruzeiro-MG, onde marcou época, ainda jogou em times como Bahia e Botafogo do Rio de Janeiro. Em 1984, chegou a ser treinador do Guarani, mas não obteve sucesso. No mesmo ano, ainda voltou a jogar pelo Mogi Mirim. Depois de dirigir times do interior de Santa Catarina e do Oriente Médio, tornou-se empresário de futebol e mora em Belo horizonte.









O quinto jogo do Guarani na segunda fase foi um reencontro contra o Vasco da Gama, que venceu o bugre na estreia da competição. Jogando desfalcado do artilheiro Roberto Dinamite, desta vez os cariocas não se mostraram superiores á equipe bugrina e no estádio São Januário sofreram dois gols do centroavante Careca. Nesta partida, João Roberto continuou como goleiro titular.


 



 João Roberto Braz, o goleiro João Roberto nasceu em Jaboticabal, em 14 de julho de 1958. Foi revelado nas categorias de base do bugre. Jogou na seleção brasileira sub-20 e foi reserva do goleiro Neneca no Guarani de 1978. Jogou também pelo Itumbiara de Goiás, tornando-se o maior goleiro da história do clube, e passou rapidamente pelo Santos. Atualmente mora em Campinas e trabalhou como funcionário da Bosch.













GOLEIRO JOÃO ROBERTO ATUALMENTE


No estádio do Pacaembu, o próximo jogo do Guarani naquela fase foi contra a Portuguesa e o bugre não foi bem-sucedido na capital paulista. A lusa venceu por 2x0 em um jogo em que o zagueiro Silveira continuou aparecendo como titular da equipe e o goleiro Neneca também retornou à posição.Bozó novamente não jogou.






Sildes de Silveira Povoas, o zagueiro Silveira nasceu em Itaguaí-RJ, no dia 02 de julho de 1946. Chegou ao Guarani na expectativa de substituir o zagueiro Amaral, ídolo do bugre, mas fez poucas partidas como titular. Jogou no Fluminense e teve uma boa passagem pelo Operário-MS em 1977. Atualmente mora do Rio de Janeiro e é treinador das divisões de base do Vasco da Gama.

















 Contra o Coritiba no Brinco de Ouro da Princesa, o Guarani seguiu sem vencer e empatou o jogo sem gols. Neste jogo. O zagueiro Gomes reapareceu no lugar de Silveira e Bozó entrou no decorrer do jogo. Mas, nem a entrada do ponta-esquerda e nem a de Gersinho no lugar de Capitão, contribuíram para alterar aquele placar.


 Alexandre B. Oliveira, o lateral-direito Alexandre nasceu em Fortaleza-CE, em 22 de dezembro de 1954. Chegou ao Guarani após atuar pela equipe do Fortaleza, mas tornou-se reserva do time campineiro. Jogou no Botafogo de Ribeirão Preto e defendeu vários times do nordeste, conquistando títulos inclusive jogando pelo Ceará. Encerrou sua carreira em 1990, quando jogava no Rio Branco-AC. Atualmente, mora em Fortaleza.




ZAGUEIRO ALEXANDRE ATUALMENTE

Ainda em Campinas, o Guarani fez o último jogo da segunda fase do Brasileiro de 1978 contra o Vila Nova mineiro e venceu com dois gols de Careca, que reassumiu a artilharia do time com oito gols. Gersinho esteve na equipe titular no lugar de Capitão e Macedo entrou no decorrer do jogo para substituir o ponta Bozó. Com a vitória, o Guarani terminou esta fase em quarto lugar e passou para a terceira fase.








Fontes:

 
http://imortaisdofutebol.com/2013/12/11/esquadrao-imortal-guarani-1978/

http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/joao-roberto-4013

http://www.gazetapress.com.br/busca/fotos/?q=neneca

http://futeblog.y33.com.br/page/26/

http://futpedia.globo.com/campeonato/campeonato-brasileiro/1978/06/24/guarani-2-x-0-villa-nova-mg








 

Nenhum comentário:

Postar um comentário